7 passos para implementar a estratégia da responsabilidade social na empresa

with Nenhum comentário

No mercado atual, para uma empresa ser realmente respeitada e admirada, não basta apenas ser a que mais vende, nem possuir maior proporção em relação às outras. Mas calma, ser referência independente do seu segmento ainda é o target de todas as organizações, mas hoje o reconhecimento é muito mais amplo e ainda sim está interligado à receita, porém a responsabilidade social das empresas é fundamental para se diferenciar.

Antes de aprofundar no assunto e citar os passos essenciais para essa estratégia funcionar perfeitamente, é importante explicar responsabilidade social o que é: numa definição um pouco mais simples, é tudo o que uma pessoa física ou jurídica pode fazer para que o mundo seja melhor. Toda pessoa pode realizar ações voluntárias e ter uma responsabilidade para com outras pessoas.

O erro é pensar que responsabilidade social é realizada exclusivamente por empresas.

Obviamente organizações possuem maiores possibilidades de interferir positivamente na sociedade onde ela está e fazer ações sociais também para atender a legislação do país.

Pode parecer simples, mas é muito comum ver empresas perdendo grandes oportunidades por não executarem esta estratégia de maneira correta ou não dando a devida atenção a ela. Por isso, confira agora 7 passos importantíssimos para implementar a estratégia de responsabilidade social na empresa e identificar quais os tipos de responsabilidade social que são importantes para o sucesso:

1 Gestores e colaboradores devem estar atentos às questões de desenvolvimento sustentável

É necessário que a cúpula diretiva da organização saia à frente para que as demais áreas e colaboradores da empresa também possam aderir a responsabilidade social individual. No caso do modelo de desenvolvimento sustentável, significa priorizar o meio ambiente e trabalhar acreditando na utilização de recursos sem ferir o planeta e o futuro da humanidade.

2 Planejamento de responsabilidade socioambiental

Algumas formas de colocar em prática a sustentabilidade em uma empresa são relativamente simples e podem facilmente fazer parte do dia a dia o que também conta com a responsabilidade social do cidadão. Estas medidas básicas são:  substituir copos descartáveis pelos de vidro, pois já não é novidade que os copos de plástico agridem o meio ambiente e demoram anos para se decompor; se atentar ao uso de água, usando-a de forma consciente, sem desperdícios;  trocar aparelhos eletrônicos somente em último caso, pois também são fortes agressores do planeta; incentivar os integrantes da organização a separarem os lixos recicláveis (papel, plástico, metal, vidro), a fim de contribuir para a reciclagem e economizar matérias primas.

3 Definição de políticas dos deveres

Se criadas, estabelecidas e compreendidas por todos, não ficarão apenas como teoria e é exatamente a prática frequente que eleva o nível de qualquer organização e de todos os seus colaboradores. Além disso, quando há uma definição, há uma meta. Isto é, se todos souberem o porquê estão executando esta estratégia, fica mais fácil de atingir o objetivo almejado por todos.

4 Alimentar esta cultura internamente

O incentivo repentino pode sim funcionar, porém tem prazo de vida útil. O ideal é estabelecer uma cultura voltada a essas políticas. Isto é, os líderes e colaboradores devem vivenciar a prática, aderindo esses costumes ao dia a dia, até que uma hora deixe de soar como obrigação e passe a fazer parte da fisionomia da instituição.

5 Seja exemplo

Aos que estão na linha de frente de qualquer empresa, cabe dar um bom exemplo. Isto é, ir além da responsabilidade social empresarial, adotando atitudes relacionadas a ela para a sua vida pessoal, e claro, as evidenciando de forma natural aos que te cercam. Afinal, o líder deve ser um espelho, né?

6 Execução meticulosa das estratégias definidas

Executá-las pode parecer simples, mas de forma alguma são. O grande desafio é causar um impacto realmente positivo na sociedade a médio e longo prazo, para isso é necessário paciência, organização e um planejamento bem estruturado.

7 Avaliação profunda

Após desempenhar todas essas ações, analisá-las com critério e ver o que funciona e o que não é fundamental. Avaliações são de extrema importância a fim de entender toda a estratégia traçada no início e se necessário adaptá-la. Considerações qualitativas e quantitativas poderão indicar o que deve ser feito e apesar de ser o último item da lista, é substancial. São muitos os tipos de responsabilidade social, por isso, é necessário saber para onde as coisas estão indo e como aplicá-las.

Quais são os benefícios diretos de adotar a responsabilidade social na empresa?

  • Maior produtividade;
  • Clientes admiradores e leais;
  • Melhor imagem e credibilidade no mercado;
  • Vantagem competitiva em relação a outras empresas.

Responsabilidade social e sustentabilidade são estratégias de gestão e para uma empresa que almeja ter relevância independente de seu segmento, se faz necessário começar internamente. Se o fator interno vai bem o sucesso externo é consequência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *