10 passos essenciais para reeducar sua vida financeira

with Nenhum comentário

Hoje um dos maiores sonhos de qualquer pessoa é ter uma vida financeira equilibrada, com as dívidas pagas e ainda com aquele dinheirinho sobrando no final do mês para investir. O problema é que a maioria das pessoas que querem estar nessa situação, não sabem como iniciar uma reeducação financeira. Temos uma boa notícia! É possível organizar suas finanças e para isso vamos mostrar algumas dicas que, devem ser seguidos a risca se quiser ter sucesso.

Estabeleça objetivos financeiros

Não adianta ter conhecimento sobre o que deve ser feito e você não souber onde deseja chegar. Por isso, definir objetivos financeiros vai te ajudar na reeducação financeira pessoal e permitir transformar os seus sonhos em valores monetários, onde conseguirá enxergar o que falta para alcançar cada objetivo.

Para ter economia de dinheiro elabore seu orçamento

Essa passo é muito importante, porque vai ajudar você a saber organizar o que realmente é uma prioridade e o que pode ser deixado para depois. Elaborar um orçamento geralmente pode ser feito em três passos:

1- Identifique como e onde você tem gasto o seu dinheiro atualmente;

2- Avalie todos os seus gastos atuais e a partir disso comece a definir metas de despesas, sempre levando em conta objetivos financeiros que você tenha estabelecido a longo prazo;

3- Faça um acompanhamento bem de perto das suas futuras despesas, assim fica mais fácil assegurar que vão estar dentro do que foi planejado.

Atenção no controle suas dívidas

Manter as dívidas sob controle é fundamental para se iniciar um processo de planejamento de como controlar gastos. É de extrema importância que se tenha consciência das dívidas que já existem, separando-as em boas e ruins. Leve em conta que é preciso de livrar das ruins o quanto antes.

Tenha sempre uma reserva para emergências

Não se pode prever o futuro e não se sabe quais imprevistos podem ocorrer, por isso devemos estar preparados para o dia de amanhã, sempre! Nesta etapa deve-se montar um fundo para emergência, justamente para se preparar para isso. Se você tem família, isso deve ser ainda mais levado em consideração. Todos devem participar de uma reeducação financeira familiar. Porque é essencial ter a tranquilidade de saber que se algo vier a acontecer, terá como agir.

Reveja a forma como está gastando

Muitas vezes as pessoas acabam chegando a uma idade querendo comprar uma casa, um carro ou mesmo colocar um filho na faculdade e isso  é interrompido pela falta de preparação. A chave para ajudar a resolver este problema é a poupança. Isso porque seu dinheiro fica guardado com um propósito ao invés de você ficar gastando por aí com coisas fúteis.

Mantenha a disciplina

Esta é a dica mais valiosa que existe, porque de nada vale as demais se não forem seguidas e aplicadas com disciplina no dia a dia. Sem isso é impossível que se consiga seguir um planejamento e alcançar o tão almejado, sucesso financeiro.

Seja alguém equilibrado

Organizar a parte financeira é garantir que viverá bem tanto no presente quanto no futuro, porque vai estar preparado. Investir o dinheiro significa saber em que gastar a longo e curto prazo, chegar até as metas que pareçam estar mais distantes.

Atenção aos gastos fixos

Faz parte de uma organização manter os gastos fixos em dia como luz, água, telefone e internet, por exemplo. Não permita que essas contas atrasem ou fiquem sem ser pagas, na verdade assim que receber o salário já saia pagando-as.

Invista em renda extra

Investir em uma renda extra garante a você um pouco mais de dinheiro todo mês, e este pode ser aplicado ou utilizado para quitar alguma dívida que tenha ficado para trás. Mas coloque esse extra no planejamento também.

Anote todos os gastos pessoais e da família

É através de anotações que conseguirá separar prioridades de coisas que podem esperar mais um pouco para serem adquiridas ou, muitas vezes dispensadas. Isso vale para a família toda, já que muitas vezes as contas de uns influenciam na de outros. Utiliza uma agenda ou um bloco de anotações no celular, o meio não importa. O que vai contar é que esteja constando tudo lá. Outra dica é tirar, pelo menos um dia na semana para não gastar absolutamente nada. No fim do mês verá a diferença que isso vai fazer no bolso.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *